Quando a escola se muda lá para casa

Adultos a trabalhar em teletrabalho e estudantes a começar o 3º período com aulas online trazem uma dificuldade acrescida: manter crianças e adolescentes concentrados e motivados em casa para não se desleixarem nos estudos.

As escolas estão encerradas e, como tal, foram muitos os alunos que tiveram de alterar as suas rotinas. Mas isso não ficou apenas pelos mais novos. Também os pais acabaram por acumular funções como professores a juntar a tudo o resto que têm para fazer: trabalhar, fazer as lides da casa e entreter os filhos.

Desempenhar funções de professor e aluno nem sempre é fácil e, por vezes, temos de encontrar o combustível perfeito para tanto os pais como os filhos terem nota máxima. Mas sabe qual é o primeiro passo para tudo correr bem? Concentração.

Se para os adultos já é difícil manter a concentração então imagine como será para os adolescentes que provavelmente ainda não percebem ou não aceitam na perfeição o porquê de estarmos a viver esta situação. A cabeça não está no lugar onde devia e a falta de foco vai ser uma das principais dificuldades.

Garantir que se consegue nota máxima mesmo sem sair de casa pode ser um desafio, mas se seguir as nossas dicas para manter os seus filhos concentrados vai tornar-se o melhor professor. Ponha a sua cabeça e de todos no lugar e se for preciso dê ao cérebro um combustível extra.

Dar atenção às necessidades fisiológicas. Para os alunos se concentrarem é importante que durmam as horas adequadas. Garanta que o seu filho mantém as nove horas de sono, tem cuidado com a alimentação, tentando evitar o açúcar e os conservantes, e faz exercício físico. Mesmo dentro de casa arranje atividades que façam as crianças mexer.

Bom clima para a concentração. Antes de fazer alguma atividade de maior exigência mental, como as aulas ou os trabalhos de casa, proponhas aos seus filhos ouvir alguma música ou ler. Para além disso, é importante que defina um local da casa para o encarar como espaço para as tarefas escolares. Partilhe esse espaço com o seu filho ao trabalhar para se concentrarem juntos.

Diga adeus às distrações. Um dos principais inimigos da concentração é o barulho. Desligue a televisão, afaste-se do telemóvel e organize todos os materiais de que precisa para manter o ambiente arrumado e longe da confusão.

Descubra as atividades nas quais eles se concentram mais. Nem todas as pessoas se concentram no mesmo. Umas preferem atividades práticas, outras concentram-se mais com recursos visuais. Assim, é importante que faça alguns testes para identificar quais são os recursos que ajudam na aprendizagem e concentração dos seu filhos. Assim que descobrir o recurso, faça atividades do seu interesse para começar e depois vá passando para as mais complexas.