Segunda fase do lay-off dá até 92% do salário

Governo decidiu prolongar o simplificado por mais um mês, até final de julho. Estado reduz comparticipação nos salários. Medida custa 2,5 mil milhões

Um trabalhador que esteja em lay-off vai ver a sua remuneração subir a partir de agosto, aproximando-se da quase totalidade do vencimento no final do ano. Trata-se de um novo regime que substitui o atual simplificado que foi prolongado por mais um mês, até ao final de julho.

“Atualmente, salvo os casos em que as empresas complementam, no lay-off simplificado o trabalhador ganha 66% do seu salário. Com este novo regime, já a partir de agosto passará a receber um vencimento entre 77% e 83%, e a partir de outubro entre 88% e 92% do seu salário”, detalhou António Costa, depois da reunião do Conselho de Ministros que ontem aprovou o Programa de Estabilização Económica e Social (PEES).

Saiba mais em dinheirovivo.pt