DGS autoriza acompanhante no parto só para mulheres sem covid-19

"As unidades de saúde devem procurar assegurar as condições necessárias para permitir a presença de um acompanhante durante o parto", lê-se na orientação que a Direção-Geral da Saúde publicou, esta sexta-feira, sobre gravidez e parto.

A Direção-Geral da Saúde (DGS) divulgou uma atualização das recomendações emitidas em 30 de março sobre os procedimentos médicos relacionados com a gravidez e o parto, no âmbito da pandemia de covid-19.

Assim, passa a ser permitida a presença de um acompanhante no momento do parto, mas, sublinha a DGS, “não deve ter sintomas sugestivos de covid-19 nem ter contactado com pessoas infetadas nos 14 dias anteriores” e “a troca de acompanhantes não é permitida”.

Saiba mais em JN.pt