Higiene para todos os momentos

Apesar de termos um especial cuidado com a nossa pele nos momentos que correm, há certas zonas mais sensíveis que merecem um outro cuidado. Cuidar da flora vaginal não deve ser um tabu.

O quotidiano pré-pandemia era dividido entre trabalhar, cuidar das crianças e assegurar que elas realizavam todas as atividades – incluindo fazer os trabalhos da escola –, jantar e deitá-las e só depois tratar de si.

Porém, agora numa altura em que há poucas ou nenhumas atividades lúdicas para fazer fora de casa, terá mais tempo para ensinar algumas rotinas. Uma das mais essenciais e que mais se tem falado é da rotina de higiene, nomeadamente de como se lavam as mãos.

No entanto, poderá também ser altura de despertar a consciência da sua filha e ensiná-la a realizar uma higiene íntima com produtos adequados, evitando assim infeções vaginais.

É aqui que entra Lactacyd, uma marca especialista em higiene íntima para mulheres, que conta com uma gama específica para todas as fases da vida, desde a infância até à menopausa.

Não se pense, contudo, que este é um produto associado a doenças do foro vaginal. Na verdade, deve ser utilizado diariamente na higiene íntima para proteção da flora vaginal. Enriquecidos com ácido láctico, uma das principais funções destes produtos é reforçar as defesas naturais da zona íntima. Para além desse reforço, é um grande aliado na realização de uma higiene perfeita, principalmente aquando a menstruação.

 

Etapa a etapa, o cuidado certo
Aprender a ouvir os sinais do seu corpo poderá ser importante para o entender melhor. É por isso que deve ter em atenção as diversas fases da sua vida. Sabemos que o nosso corpo muda desde a infância até à idade adulta, e é por isso que devemos utilizar produtos diferentes consoante a fase da vida que atravessamos.

Por exemplo, é importante utilizar produtos específicos na higiene íntima infantil, como Lactacyd Girl, enriquecido com aloé vera e ácido láctico, sendo testado sob controlo pediátrico, porque ajuda a realizar uma higiene completa. Isto porque há diversos fatores que podem causar desconforto vulvovaginal nas meninas, como o pH naturalmente mais alcalino devido à baixa prevalência de estrogéneos, o uso de fralda, o iniciar na rotina do bacio ou a aprendizagem da correta limpeza de trás para a frente após a ida à casa de banho.

Por outro lado, há também diferentes produtos para outras alturas da vida. Como a gravidez, em que é importante reforçar as defesas naturais da zona íntima, inibindo o crescimento de bactérias.

Pode encontrar também um produto adequado para a fase mais madura da sua vida – a menopausa e pós-menopausa – que permite uma maior hidratação, e ainda produtos para peles sensíveis ou irritáveis. Por fim, existe ainda uma gama para suavizar a sensação de pele inflamada, aliviando assim a dor e desconforto que algumas infeções podem provocar.

Introduzir alguns conceitos importantes no que respeita à rotina diária, desde tenra idade e num ambiente aberto entre mãe e filha, especialmente numa fase em que existe mais tempo, pode ser uma forma de quebrar alguns tabus no que respeita à higiene íntima. Porque quanto menos tabus houver em relação às alterações naturais da idade, melhor.